quinta-feira, 6 de setembro de 2007

O Diário do Velho

"Querido diário,
Hoje eu briguei com o Rino na hora do lanche. Eu peguei o último biscoito recheado do pacote e ele arrancou da minha mão, aí eu dei um tapa na cara dele e ele chutou minha canela. Aí o biscoito caiu no chão e o gordo do Zeca pisou e esmigalhou tudo. Aí eu e o Rino começamos a cantar: Timtumtum elefante, Timtumtum elefante! A gente chama o Zeca gordo de timtumtum porque quando ele anda a terra treme: Tim-tum-tum, tum-tum-tum. Hahahahahaha, que engraçado!
Mas o chato mesmo é que aí veio a tia Lúcia e deu bronca na gente e perguntou se a gente tava feliz agora que ninguém ia comer o biscoito porque ele tava todo esmigalhado. Claro que a gente não estava feliz, a gente queria mesmo que tivesse mais um pacote de biscoito.
O resto do dia foi chato. A gente ia jogar bola e escolhemos os times e tudo, mas aí vieram os grandes da quarta e expulsaram a gente da quadra. Depois teve duas aulas seguidas de português e a gente teve que copiar um texto enorme. Depois eu fui pra casa e depois fui brincar na rua e depois voltei pra casa e depois tomei banho e depois jantei e agora estou escrevendo aqui.
Boa noite."



- Neneco, de que data é isso?
- 17 de março de 1936.
- Neneco!
- Que foi, Cabelo? A gente tem que começar a ler um livro pelo começo!
- Não me irrita, Neneco. Vai logo pro final. Começa aí pelo último mês de vida do velho. Se não tiver nada a gente vai mais pra trás.
- Tá bom, mas eu fiquei com pena do Zeca Gordo.

6 comentários:

muta disse...

tá, e agora o zeca gordo é suspeito!

eles moravam em anta gorda, lá no RS?

senhor... 1936? diário? esse livro devia ser do tamanho de uma bíblia!

Mymi disse...

Esse Rino é o Severino H.P.?

Anônimo disse...

Eu acho que esse di�rio mantem coisas secretas, como um bullyng feito em Aleister Crowley e a viagem � Muzambinho com Mox Fulder, o primo do Fox Mulder.

Anônimo disse...

humpft! meninos da 4ª série malvados!!!

Andréa Z. disse...

E não é que começou com "querido diário"? hahahaha

E Anta Gorda, Muta? Francamente! Humpf! =P

Anônimo disse...

A aula que o austregésilo teve me parece familiar...O_o